Arquivo da categoria: Biblioteca

Biblioteca de trabalhos intelectuais para assistir ou ler online: DVDs, filmes, jornais informativos de moto, livros escritos por motociclistas sobre mototurismo

DVD Long Way Round

 Em abril de 2004, Ewan McGregor e Charley Boorman, que conheceu na filmagem de The Serpent's Kiss, os atores de Moulin Rouge, o junky de Trainspotting, ou o Obi-Wan Kenobi de A Guerra das Estrelas partiram de Londres em duas BMW para uma viagem de 30.000 km até Nova Iorque. 
A conversa começou em volta de uma Moto Guzzi que Ewan tinha, os dois amigos atravessaram águas geladas na Sibéria, foram seguidos por paparazzi no Cazaquistão, acompanhados por homens armados na Ucrânia e assediados pela Polícia, mas descobriram a hospitalidade dos povos de algumas das mais isoladas regiões da África d dos dois desertos. Em 15 semanas, percorreram as estradas da Europa, Ucrânia, Cazaquistão, Mongólia, Sibéria e Rússia, atravessando o Pacífico até ao Alasca, e desceram do Canadá até os Estados Unidos. Atravessaram 19 zonas de fuso horário, em 3 continentes e dois desertos. Diariamente, percorriam distâncias  com o equipamento necessário à sobrevivência do homem e da máquina por 3 meses.

O resultado da viagem com fotografias e diários escritos chama-se O Caminho Mais Longo ou  Long Way Down. A viagem foi mostrada na série de TV, em um conjunto de DVDs e um livro editado em 2005. Quando foi lançado como DVD, quebrou o recorde de vendas na Inglaterra. Eles viajaram de 12 de maio até 5 de agosto de 2007 com a mesma equipe desde a Escócia até a Cidade do Cabo na África do Sul.

DVDs Long Way Down: Composto de 3 dvds com 3 horas de duração os dois primeiros e 2 horas o terceiro disco, dividido em 10 episódios e o 'extra' (entrevista um ano depois da viagem). O documentário está em idioma inglês e legenda em português.
MotoViagem: 25.000 Km em 85 dias passando por 14 países, a maioria na África.

Música, Letra e Tradução:  Long Way Round

Remember me my love, I'm the one you're dreaming of. // Lembre-se de mim meu amor, é comigo que você sonha
Going for a ride, I'll keep you warm inside. // Dando um passeio, eu a manterei aquecida por dentro
I'm Gonna roll up the sidewalk, I'm gonna tear up the ground // Vou enrolar toda a calçada, eu vou destruir todo o chão
Comin' round to meet you, The long way round. // Estou chegando para conhecê-la, dando a volta

Bah, Bah – rah – rah – rah! etc.

Sooner or later, I'll get me off this track. // Mais cedo ou mais tarde, eu desviarei da rota
Gotta do what it is that I do and then I'm – coming back. // Tenho que fazer o que eu sempre faço e depois eu voltarei
Got sun in my face, sleeping rough on the road. // O sol na minha cara, dormindo na estrada
I'll tell you all about it, when I get home. // Vou lhe contar tudo quando chegar em casa
Gonna roll up the sidewalk, I'm gonna tear up the ground // Vou enrolar toda a calçada, eu vou destruir todo o chão
Comin' round to meet you, The long way round. // Estou chegando para conhecê-la, dando a volta

Bah, Bah – rah – rah – rah! etc

Motoqueiros Selvagens | Wild Hogs

Wild Hogs (Motoqueiros Selvagens, no Brasil) é um filme norte-americano de 2007 do gênero Comédia dirigido por Walt Becker.

Sinopse Doug Madsen (Tim Allen) é um dentista com complexo de inferioridade tão grande que sempre se apresenta como médico. Woody Stevens (John Travolta) é um executivo rico e carismático que foi a falência depois que foi abandonado pela esposa. Bobby Davis (Martin Lawrence) é um encanador dominado pela esposa, Karen (Tichina Arnold), que decidiu ficar sem trabalhar por um ano para tentar, sem sucesso, tornar-se uma escritora, mas teve que voltar ao trabalho. Dudley Frank (William H. Macy) é um solteirão que é também um gênio da informática mas desajeitado, sempre se metendo em situações constrangedoras

Cada um dos quatro leva sua vida frustrados e nos fins-de-semana eles se reúnem para andar de motocicleta. Woody, que não contou seus problemas aos amigos, influencia o grupo a agitar as coisas com a realização de uma viagem de motocicleta, sem destino definido. Os outros três conseguem tirar uma folga de seus trabalhos e vão para a viagem, sendo que ao iniciá-la não têm a menor idéia do que está por vir. Com o tempo eles começam a dividir segredos, até que enfrentam uma gangue de motoqueiros chamada Del Fuegos, liderada por Jack (Ray Liotta).

Direção: Walt Becker Roteiro: Brad Copeland Gênero: comédia Ano: 2007
Idioma dublado: Português Idioma original: inglês

Fonte: Descrição e sinopse acima do artigo do Wikipedia Motoqueiros Selvagens, licenciado sob Creative Commons, licença CC-BY-SA

Diários de Motocicleta | The Motorcycle Diaries

Diários de motocicleta, (original: Diarios de motocicleta) é um filme de 2004 produzido pela Argentina, Brasil, Chile, Reino Unido, Peru, Estados Unidos da América, Alemanha, França e Cuba. Gêneros aventura e drama biográfico, com direção de Walter Salles.

Sinopse de Diários de Motocicleta: Che Guevara (Gael García Bernal) era um jovem foi estudante de Medicina. Em 1952, decide viajar pela América do Sul com seu amigo Alberto Granado (Rodrigo de la Serna). A viagem é realizada em uma moto, que acaba quebrando após 8 meses. Eles então passam a seguir viagem através de caronas e caminhadas, sempre conhecendo novos lugares. Porém, quando chegam a Machu Picchu, a dupla conhece uma colônia de leprosos. Passam a questionar a validade do progresso econômico da região, que privilegia apenas uma pequena parte da população.

Direção: Walter Salles Roteiro: José Rivera Gênero: Aventura, drama biográfico
Elenco original: Gael García Bernal, Rodrigo de La Serna, Mía Maestro, Gustavo Bueno, Mercedes Morán
Idioma dublado: Português Idioma original: espanhol, quechua Ano: 2004

Fonte de Diários de Motocicleta: Descrição e sinopse acima do artigo do Wikipedia Diários de Motocicleta, licenciado sob Creative Commons, licença CC-BY-SA

Revistas de Moto

Revistas de Moto em Português:

Revistas de Moto

Para “capturar” uma página, aperte F11 + PRINT SCREEN + F11, cole via CTRL+V no seu aplicativo.
Não esqueça de citar fonte do texto ou foto copiada linkando endereço na web, mas, peça licença expressa antes.
Copiar sem citar o autor na internet NÃO é LEGAL.
É crime! Leia artigos 101 ao 110. Lei de Direitos Autorais.

Livros do MotoTurista Chardô

Chardô, como é conhecido, escreveu 2 livros sobre MotoTurismo:

 

  1. Machu Picchu – Uma aventura de moto à cidade sagrada dos Incas, cruzando os Andes e o Deserto de Aracama
  2. Ushuaia – Uma aventura de moto à Terra do Fogo, cruzando os Andes e a Carretera Austral

  1. Machu Picchu

O livro é o relato de uma viagem de moto iniciada com mais dois motociclistas, que seria um passeio e se transformou em uma aventura. Um antigo sonho de chegar a Machu Picchu, cruzando os Andes e o deserto de Atacama, o mais árido do mundo, por uma das regiões mais inóspitas, o Passo de Sico.

Chardô deixou com sua moto uma cruz no deserto, atravessando de leste a oeste, até o Pacífico, e de norte a sul pelo meio do Atacama, onde também viajou à noite para ver e sentir a deslumbrante natureza do deserto. Passou para o Peru e subiu para leste em direção ao lago navegável mais alto do mundo e o maior da América do Sul, o Titicaca, de onde surgiu a lenda do Império Inca. Entrou na Bolívia rumo a La Paz e retornou ao Peru de balsa, atravessando o Titicaca pelo estreito de Tiquina. Subiu até Cusco onde finalmente visitou Machu Picchu, a cidade sagrada dos Incas, onde o mistério se preserva. Numa alteração de roteiro foi surpreendido por uma forte nevasca a 4.450m de altitude, nos Andes, o que lhe causou sérios riscos. Foram 10.500km percorridos de moto passando por Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Uruguai e retornando ao Brasil. A viagem também foi um encontro, como Chardô fala:

  • “Foi uma grande oportunidade de me encontrar e reorganizar internamente, a chance de me compreender melhor. Foi como ter viajado num território sagrado onde as montanhas são catedrais. Acho que encontrei o Caminho de Santiago na América do Sul, com um adicional, o deserto mais árido do mundo como parte desse caminho.”

O livro possui mapa e roteiro detalhado com locais para abastecimento nas regiões menos povoadas, muitas dicas, todos os preparativos e tudo o que é necessário levar na viagem (lista de remédios, alimentos, equipamentos, roupas e documentos), bem como a cotação da moeda nos países percorridos. São 224 páginas com 66 fotos coloridas tiradas no percurso e adesivo da aventura. Exemplar autografado pelo autor, em seu nome ou a quem você deseja presentear.

  • Custo: R$ 36,00, já incluída despesa de envio para o Brasil e o MERCOSUL. Envie seu nome  e endereço completo com CEP para o Chardô ou compre pelo Pag Seguro UOL.

  1. Ushuaia

Novamente em uma viagem solo, Chardô narra sua aventura de motocicleta, agora rumo ao sul do continente sul-americano, Ushuaia.

Foram três saídas do Brasil com o objetivo de concluir, desta vez, o seu sonho de cruzar vários passos na Cordilheira dos Andes, fronteiras entre Chile e Argentina, a Carretera Austral, a Patagônia, a Terra do Fogo e chegar por terra ao ponto final da rodovia que penetra mais ao sul do continente sul-americano.

Na primeira saída, cruzou os Andes pelo passo El Planchón, local próximo de onde caiu o avião com o time uruguaio de rúgbi e que ficou conhecido como “Os sobreviventes dos Andes”. Num encontro inesperado de Chardô com Jakye em frente à casa de praia de Pablo Neruda, voltada para o Pacífico, em Isla Negra, Chile, sua viagem foi abortada. Após longa recuperação física, saiu em busca de sua moto e foi impedido de cruzar os Andes pelo passo de San Francisco, devido à neve.

Novamente na estrada, após um ano, conseguiu cruzar os Andes em vários passos, percorrer a Carretera Austral, no Chile, Ruta 40, na Patagônia argentina, e chegar a Ushuaia, o “fim do mundo” ou o “começo de tudo”. E para tal feito rodou mais de 20 mil quilômetros.

Neste livro Chardô narra, com seu estilo pessoal e agradável, curiosidades dos lugares, situações engraçadas, suas dificuldades, seu encantamento no alto da Cordilheira, dicas, encontros e desencontros para chegar com sua motocicleta ao seu objetivo, a cidade mais austral do continente sul-americano, Ushuaia. Este parágrafo do livro exprime bem a visão de Chardô sobre viagens:

  • "Sempre é bom quando estamos nesta condição em que a vida parece ser feita para tal fim: viajar.

Ah, se todos pudessem fazer o mesmo, o mundo seria um eterno viajar; viajaríamos por todos os países e todos se cumprimentariam. Seria uma eterna troca de lugares, assim como viajamos no cosmos. Obedeceríamos a princípios naturais, assim como é da natureza do universo o eterno deslocamento no espaço, a viagem do sistema solar no éter."

São 226 páginas de pura viagem, mostrando imagens em mais de 70 fotos, mapa e roteiro detalhado, e toda quilometragem diária percorrida. Se você gostou de Machu Picchu, vai adorar ainda mais Ushuaia… E ainda receberá o adesivo da aventura…

  • Custo: R$ 37,00, já incluída despesa de envio para o Brasil e o MERCOSUL. Envie seu nome e endereço completo com CEP para o Chardô ou compre pelo Pag Seguro UOL.