Luiz Carlos Negrine e suas cadelas garupas: Nani e Catarina

Cadelas, porém garupas!

Luiz Carlos Negrini e suas cadelas garupas: Nani e Catarina
As garupas em destaque hoje não são humanas. Isso mesmo! São cadelas, porém garupas! São tão bem tratadas pelo dono e fazem mais sucesso que eu, uma garupa humana! kkk As danadas abalam o pedaço quando viajam e até guardas de trânsito pedem para tirar fotos com essas duas "gatas' que na verdade são duas cadelinhas super charmosas.

O condutor dessas duas beldades, o Luiz Carlos Negrine, aposentado e ex-funcionário da Varig de 64 anos, gosta mesmo é de andar sobre duas rodas e carrega em sua garupa a Nani e a Catarina, duas Cockers Spaniels Inglesas. Nobreza pura!

Hoje Luiz une as duas paixões: motos e animais, em especial os cães. Mas a ideia nasceu há aproximadamente 42 anos quando quis ter um cão que andasse de moto com ele. E a primeira garupa foi encontrada em uma feira de filhotes em Icaraí – RJ. A dúvida que pairava em relação a que raça levar em suas viagens, logo foi dissipada quando avistou Nani. Luiz afirma: " Na primeira troca de olhar, tive certeza de que seria ela minha companheira de viagem. E fui muito feliz nessa escolha. Ela incorporou bem o espírito motociclista." 

A segunda garupa é cria de Nani: Catarina Cremilda Deusdete, nome de barraqueira, segundo o seu piloto . E este é o trio estradeiro que "causa" e agita nas viagens e paradas por este Brasil afora! 

Como todo bom motociclista, Negrine se preocupa com a segurança de suas garupas e conta que Nani começou a andar na moto através da adaptação de uma bolsa lateral semiaberta e com espuma. Na época a charmosa usava apenas bandana e óculos. Mas não demorou muito para que a segurança fosse aperfeiçoada e o motociclista cuidadoso com suas garupas conta: " Comprei uma bola de plástico rígido, fiz um corte e ela serviu de molde para o capacete, que é feito de fibra. Depois só mandei pintar." Mas os acessórios não ficaram só nisso. As cadelinhas garupas além de capacete e óculos, viajam presas a dois extensores que não lhes tiram a liberdade de movimentação, mas que assegura ao condutor que as mesmas não saiam da cestinha, estando assim seguras! Além disso, o tímpano das cadelas também está protegido contra impurezas comuns nas estradas, como pedriscos, insetos e umidade. E segundo o motociclista, Nani e Catarina nunca rejeitaram os acessórios.

Garupas do MotoTuristas bateu um papo com o dono das cadelinhas e famosas garupas. Veja:
   
Garupas: Qual é o nome das cadelinhas que viajam com você? 
Negrine: Nani (a mãe) e Catarina (a filha);
 
Garupas: É preciso de alguma autorização para essas viagens? 
Negrine: Uma coisa curiosa: nunca fui questionado pela polícia, a respeito do aspecto legal. Já fui parado em rodovias, por outros motivos, mas quando as percebem, chamam todos lá da casinha para tirar fotos;
 
Garupas: Há quanto tempo você viaja com elas? 
Negrine: A Nani já viaja há quase 8 anos. Catarina há 3,5 anos;
 
Garupas: Elas vão na garupa o tempo inteiro da viagem? Ou existe algum carro de apoio onde elas possam ir durante parte da viagem?
Negrine: Sempre na garupa. Eu viajo sozinho, pois faço muitas paradas e me demoro mais do que o normal nestas paradas; 
 
Garupas: Você já viajou com garupa humana? Qual é a diferença?
Negrine: Sim, eu viajava com uma das ex-esposas. A diferença é que não escuto reclamações e elas estão sempre prontas e dispostas para prosseguir na viagem;
 
Garupas: Para onde já viajou com elas? 
Negrine: Para inúmeras cidades. Nani já acumula mais de 115.000 km de estradas. A mais distante foi para o RS, para onde já fomos 5 vezes;
 
Garupas: Como aconteceu a primeira viagem com as cadelas? Como e por que surgiu a ideia? 
Negrine: A ideia de ter um cãozinho como parceiro de viagem já remonta 42 anos. Desde que comprei minha primeira moto , eu já pensava nisso;

Garupas: Existe alguma viagem que não fez com as cadelas e que esteja nos seus planos?
Negrine: Eu recebo sempre convites de amigos, mas é praticamente impossível atender a todos. Talvez vá para Goiânia, cidade que ainda não fui;

Garupas: Passou algum momento de perigo ou dificuldade em alguma viagem com elas?
Negrine: Eu descia a serra gaúcha e em determinada altura minha pista estava interrompida, com uma seta indicando um desvio. Por intuição eu parei, pois não via no sentido contrário nada que interrompesse a pista. Se tivesse entrado, teria batido de frente com uma van, em alta velocidade.

Bem, se andando por aí você se deparar com duas cadelas sobre uma garupa e uma porção de gente querendo fotografá-las, bem provável se tratar de Nani e Catarina, as garupas de Negrine. Ainda não tive a chance de conhecê-las pessoalmente, mas pelo que o motociclista nos conta, realmente parecem ser ótimas companhias: não reclamam, parceiras e sempre prontas para a estrada! E olha, também são mascotes de um evento que ajuda crianças com câncer, o McDia Feliz! As danadinhas ainda são chegadas em um carnaval e há quatro anos desfilam no Blocão, tradicional bloco de cães, que acontece em Ipanema.

Quer saber mais sobre as nossas garupas? Digite Nani e Catarina no Youtube e você encontrará vários vídeos dessas cadelas, porém garupas!

Parabéns ao Negrine pelas garupas cadelas. Pois temos dito, ou garupas são parceiras e topam qualquer parada ou ficam para trás! 
Cadelas garupas de Luiz carlos Negrini: Nani e Catarina

56 ideias sobre “Cadelas, porém garupas!”

  1. Eu sou o protagonista desta história e gostei muito do texto. Sinto-me lisonjeado com esta matéria, que elogiou as minhas princesas, que são a paixão da minha vida. Quero deixar um beijo carinhoso à minha amiga Tânia Brito.
    Luiz Carlos Negrine

  2. Negrine, eu é que agradeço a você pelo carinho e sempre disposto a colaborar com informações! Parabéns e muitos km de estradas para você e as cadelinhas garupas: Nani e Catarina!

  3. Belas garupas hem! Parabéns ao seu dono, Negrine.. Elas são muito lindas, e parabéns à reporter belíssima escolha para a sua entrevista.., Você está cada dia melho, Tânia!

  4. Parabéns a todos. Bela reportagem. O nosso Amigo Luiz Negrine expressa todo seu cariinho e carisma pelas Motociclistas e acescido da  enorme paixão que tem pelas suas fiéis companheiras "Nani & Catarina", em todas as suas aventuras (viagens), por este Brasil afora. Que o "Poder Superior" possa iluminar sempre os seus caminhos… Saudações Gauchas. Moto abraços.  

  5. Desde que tenho amizade com o Negrine no Facebook sempre amei e admiro imenso o carinho que ele tem pelas suas meninas, a paixão com que disfruta da companhia delas… não conheço nada de parecido… é fantástico… e merece da nossa parte muita admiração e um grande OBRIGADA por ser como é… BEM HAJA… beijinhos docinhos para os 3 estradeiros… da amiga de Além Mar… 🙂

  6. Essas garupas arrazam ! Esse trio por onde passa conquistam vários fans em toda parte do Brasil, é impossivel não se encantar com essas meninas ! Parabéns, Negrine, Nani e Cataina, vcs merecem ser prestigiados !  Fico muito feliz pela nossa amizade e  pelo sucesso de vcs! beijãoo

  7. Lindonas, grande amigo Negrine, nos conhecemos virtualmente até vir para Canoas, (RS), darnos o prazer e o privilégio das companhias mais queridas, de Nani e Catarina e você, Hermano Negrine. Amo vcs!

  8. Adorei esta matéria sobre estas Cadelinhas Radicais! Nani e Catarina além de serem famosas, carinhosas, só  levam alegria e deixam saudades por onde passam. Seu dono, Negrine, não é diferente:  muito simpático, espirituoso , aventureiro e um um pai muito coruja de sua filhas ( com toda razão !! ).

  9. Sou apaixonada por NANI e CATARINA desde que vi, fiquei deslumbrada com os passeios de moto com o senhor LUIZ CARLOS NEGRINE, impressionante o comportamento das cadelas por onde passam é sucesso. Parabéns!!!

  10. Todas vez que vejo as fotos, os vídeos, as matérias, a atenção que o Luiz Carlos Negrine tem suas  companheiras de viagem Nani & Catarina nos trás, me vem logo na cabeça: isso daria uma bela história em um livro e um belíssimo filme! Sou muito fã dessa história real. Me alegro muito em acompanhá-la e curtir cada dia, um capítulo, uma página dessas aventuras emocionantes qua trazem alegria ao nossos corações. Um grande abraço, Luiz! E um beijo nas meninas!
    Oséias Guepardo Estradeiro

  11. Adoro essas meninas!!! São muito bem cuidadas e paparicadas pelo Luiz Carlos Negrine. Elas são dóceis, alegres e carinhosas. São amigas do Eduardo Humberto, meu poodle do Paraguai. rsrsrs

  12. Ola, Gracas a Nani e aos meus filhotes que nasceu uma boa amizade entre nós. Essas meninas são demais…. Louise e Juna estão com saudades dessas top dogs motociclistas hehehe

  13. Amigo Negrine, Nani e Catarina, uma família especial, o amor, a amizade e a dedicação contribuem para a história desse trio… BENÇÃOS MIL EM NOME DE JESUS… ABENÇOADAS ESTRADAS…

  14. NANI E CATARINA SÃO UMAS PRINCESAS ,  UM COMPORTAMENTO EXEMPLAR EU NUNCA VI CADELAS TÃO DEDICADAS E AMIGAS SÃO MINHAS PAIXÕES

     

  15. Oi Elisabeth, você deve conhecê-las pessoalmente né? Espero um dia encontrar esse trio super 10, conversar com o piloto e tirar muitas fotos com essa dupla de cadelas garupas… hehehe…valeu pela participação, apareça sempre!

  16. Linda Reportagem, adorei!!!! Há tempos que conheco as cadelas Nani e Catarina mas só por meio de fotos em Revistas, na Intenet e na  TV, mas com certeza espero encontra-las pessoalmente um dia destes. E sempre bom ver o carinho e a dedicacao do Negrine, meu querido colega de memoráveis Vôos Varig pelo Exterior. Estou morando na Inglaterra atualmente e se quiseres aparecer por aqui com as "meninas", serás muito bem-vindo.
    Grande Abraco, xxx Lots of Love, xxx Paty

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *