Entrevista: garupa baiana

Garupa Sandra Magalhães

O que é que a Bahia tem? Entrevista com uma garupa baiana!!! 

Durante o encontro do Fórum 2Rodas em Ilhéus na Bahia, 23 e 24 de março, em um descontraído bate-papo numa mesa de bar/restaurante em frente à Praia de Batuba  em Olivença-Ba, entre vários relatos de viagens, aventuras como a falta de gasolina na estrada, e um saudável debate sobre a figura da garupa, pedi à Sandra Magalhães, esposa do Reinaldo Magalhães de Ipiaú-Ba, que me concedesse uma entrevista sobre a sua experiência como garupa e muitos km rodados junto ao maridão.

Vejam o que ela diz e se atentem para as dicas preciosas, queridas “garupas femininas”, para que seus parceiros façam questão da sua cia em viagens acima de 600 km hahaha… (O motivo do riso é porque lá encontramos um grupo de motociclistas que não vou dizer de onde e um deles disse que alguns motociclistas preferem poupar as esposas e companheiras em viagens acima de 600 km porque são muito cansativas… sei rsrsrs… brincadeiras sérias à parte kkk com a palavra, Sandra Magalhães!)

Garupa Mototurista: O que representa o motociclismo para você?

Sandra Magalhães: O motociclismo pra mim representa solidariedade, companheirismo e ser fraterno, independente de sua raça, crença, religião ou marca de moto… É ser livre para voar, é ser desbravador por Natureza!!!

Garupa Sandra Magalhães em Buenos Aires

Garupa Mototurista: Como foi e para onde foi a sua primeira viagem na garupa de uma moto?

Sandra Magalhães: Em 1989, fomos numa Yamaha Ténéré para a Chapada Diamantina, achei ótimo!!! Também não sou de reclamar… pra mim o que conta é a companhia e também ser a companheira. Confio nele, isso me basta!

Garupa Mototurista: Na sua visão de garupa quais são as maiores dificuldades durante uma viagem? E quais são os fatores compensadores?

Sandra Magalhães: Não vou chamar de dificuldades, mas de situações: achar um bom banheiro… o resto é só alegria… A ideia é essa !!! Temos momentos de tensão, de chuva,de calor,alegria, liberdade sem regras…….é ganhar o mundo!!! Os fatores compensadores são poder desfrutar da beleza dos lugares,comer e conhecer a comida típica local com a pessoa amada, vivenciar e dividir histórias

Garupa Mototurista: Existe algum planejamento em comum para as viagens? Ou as viagens são sempre o motociclista, seu marido, quem as propõe?

Sandra Magalhães: Sim, mas na maioria das vezes é ele que sugere o lugar. Ele é fominha por estrada!!! kkk

Garupa Mototurista: Você poderia dar algumas dicas para as "garupas de primeira viagem"?

Sandra Magalhães: Ser alegre e companheira, essa é sem duvida um bom ingrediente para que seu companheiro a queira por perto. Cumprir os horários combinados, ser participativa, não ser reclamona, falar o que está gostando e o que está incomodando…

Garupa Mototurista: O que está achando do encontro em Ilhéus? Vieram de moto? Por que?

Sandra Magalhães: Estou adorando!!! Viemos de carro, para poder receber melhor os amigos, já que a maioria veio de avião.

Garupa Mototurista: Qual é a viagem ou quais são as viagens não realizadas, mas que é aquela viagem dos sonhos?

Sandra Magalhães: As viagens não realizadas e também a dos nossos sonhos são: Machu Picchu, Deserto do Atacama e a Rota 66.

 

Bem, viajar e acompanhar o companheiro em longas viagens realmente requer uma boa dose de disposição, mas a Sandra informalmente disse: você tem que amar muito, gostar muito da pessoa para acompanhá-la em viagens assim… E eu acrescento: vale à pena! Vivências assim acabam fortalecendo a união do casal, é uma cumplicidade que vai se consolidando e fazendo você querer participar sempre. É como se algo fizesse todo o cansaço se dissipar e fazer valer a pena cada km rodado.

Quer contar a sua experiência como garupa? Entre em contato conosco e compartilhe a sua história!

Garupa Sandra e Reinado

12 ideias sobre “Entrevista: garupa baiana”

  1. Sandra Magalhães é show…  Ela ama isso… aventuras… kkk e com o maridão então, tudo melhora…  Parabéns ao lindo casal de moto… Isso é saber viver bem…  Bom Demais….
    Cristiane…

  2. Reinaldo e Sandra Magalhães,
    foi uma "terapia" ser recebido por vocês em Ilhéus, Bahia no encontro 2 Rodas onde motociclistas curtem mototurismo, apesar de termos viajado de avião. Sem a aeronave do comandante Rodrigo Rolim da AVIANCA, não teríamos conhecido todas as praias de Ilhéus por vista aérea!

    Queremos repetir o encontro baiano de motociclistas em 2014. É só marcar a em 2 Rodas pra embarcar nesse MotoTurismo diferente, 😀
    MotoaBRaço

  3. Parabéns ao casal Sandra & Reinaldo Magalhães!!!
    Realmente, viajar com a garupa "amada" é muito bom. Dividir os momentos alegres (e tristes também) com a esposa fortalece a união, sem falar que assim é possivel capturarmos mais fotos e vídeos, rsrsrs
    Marcelo Konga, Brazil Rider, Manaus, AM

  4. Marcelo Konga, afinal momentos inesquecíveis precisam ser registrados, né?! E quem pode melhor fazê-lo quando o piloto encontra-se “impossibilitado”?  Garupas! rsrs (Valeu pela participação, apareça mais vezes por aqui…)

  5. Gostei demais da entrevista. A entrevistada (Sandra) é dez!Tânia, uma sugestão de entrevista de garupa..faça com a Rosana, esposa do Roger, outro casal sensacional. Mais uma vez, parabéns ao MotoTurismo e aos Video Riders

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *