RONDA proibe divulgar marca nos BLOGS

Qual a MELHOR marca de motos no Brasil?

RONDA proibe divulgar marca nos BLOGS60 marcas de motos no Brasil, qual a MELHOR? Depende!
Qual o melhor relacionamento com os motociclistas? Já que as mulheres somam 25% dos motociclistas no Brasil, o cuidado no relacionamento pós venda é ouro para o motociclista.
Mas… pode ou não pode divulgar a marca de sua moto na web? Já que é um relacionamento a dois, digamos de amor à primeira vista entre motociclista e sua máquina, será que todas as marcas permitem divulgar sua marca?
Observe a lista de marcas de motos abaixo e escreva pra gente:
Por que uma “marca de moto japonesa” NÃO aparece na lista abaixo?
Qual a MELHOR marca de motos no Brasil?

Em ordem alfabética, 60 marcas de motos no Brasil:

Falta alguma? RONDA?? Como? De onde?

6 ideias sobre “Qual a MELHOR marca de motos no Brasil?”

  1. Gargamel, dificilmente escrevo …
    Mas fiquei na dúvida também, para onde ir ?

    Analisando o mercado nacional na minha óptica (Motociclista de aventura , adoro viagens longas incluindo offroad fiquei por 4 anos utilizando XT660R modelo 2008 – 4 motos rodando próximo a 400 mil km nesse modelo). Para onde devo ir? Comprar outra XT660R ou XT660Z? ir para outra marca? outra categoria?

    Dona Ronda, acorda! Empresa líder no mercado em motos pequenas, a marca parou no tempo não evoluiu no tempo de resposta ao mercado acima de 250 cc, lembro que em 2008 andava com minha NX4 Falcon 400 cc (uma delícia de moto, boa de curva e na terra) fiquei por 2 anos aguardando a Falcon Injetada para troca-la… ou uma moto na categoria 600, Translap 700 seria a opção certa (já conhecida internacionalmente falando, mas não vinha nunca para o Brasil) nada … nadica mesmo… a Transalp demorou muito para chegar no mercado Nacional, quando chegou, não demonstrou ser uma moto fora de estrada que justificasse sair da XT660R e… a nossa velha e guerreira XT tomou conta desse mercado nessa categoria apesar dos roubos e outros contra pontos conhecidos (moedora de correntes)…. só em 2012 a Honda lançou a Falcon Injetada no valor próximo a uma XT660R moto consagrada no mercado… é dar um tiro no pé mesmo…. a Dona “R”onda essa Marca parou no tempo mesmo, para ajudar tirou de linha a Varadeiro, uma moto excelente na categoria .1000 cc e deixou o mercado para a concorrência.

    A dona YamaHa aproveitou da situação e convidou diversos motociclistas a conhecer a pegada da XT660R recém lançada em 2008, inclusive com melhorias das versões anteriores… me apaixonei pelo Design da moto logo de cara… na categoria 600 cc e Injetada…. com um Plus boa para andar na terra….

    As pessoas me perguntam muito porque não saio da Dona YamaHa uma vez que a marca não se interessa em fazer qualquer tipo de parceria ou colocar sua marca em evidência em viagens longas offroad, a resposta para diversos que tentaram foi: somos líder do mercado porque iremos ouvir vocês?

    YamaRa acorda .. a dona Ronda já dormiu no ponto … chegaram as BMW (montadas na loinha da Dafra) fabricadas aqui… vamos evoluir também…. nadica… Não gosto de criticar… mas é dar um tiro no pé… lançar uma segunda moto na mesma categoria…. vai manter as duas por quanto tempo? quem tem a anterior da XT não está indo para o modelo novo XT660Z} .. está indo para outras marcas ! acorda !

    Gosto da moto realmente… manutenção simples, fácil de fazer, pneu 17 traseiro fácil de achar, relação barata e fácil de dar manutenção…. Pergunto a vocês, devo investir 10 mil reais que é a diferença para comprar uma XT660Z ? ou devo investir 10 mil em outra marca ?

    Na atual situação não tive opção, por 3 mil fiz todas melhorias que a fabrica não fez na XT660Z, melhorei a suspensão, corrente 525, tanque 23 litros e continuo com a antiga e velha guerreira. Agora, personalizada XTM e mostrando minha tendência… será?
    Ir para KTM ou BMW? porque?
    KTM com todos problemas causados pelo Zezinho ZIZO, rs… tornando difícil aquisição de motos novas, manutenção da moto um horror, só dor de cabeça…

    Que tal BMW fabricada no Brasil? melhor aguardar 2 anos para ver no que vai dar… e realmente deu um monte de problema na G650GS pegando fogo, freio queimando, caracas até assustei com algumas coisas e relatos que vi… F800GS dando problema de partida, manoplas superaquecendo, amortecedores estourados…

    Realmente compensa investir bastante $$$ em uma GS1200? absurdo o preço no mercado nacional… quem tem coragem de usa-la em offroad pesado? investir em BMW usadas? no qual já estão fora da garantia? se der um problema no sistema de ABS 10 contos para arrumar? eita… quebrar um cardan mais 10 contos?

    Agora pergunto pra onde vou ?

  2. Olha, depois de muito pesquisar, de bater a cabeça comprando uma KTM 990,no qual não tinha nem peça no Brasil para fazer as revisões, decidi que a melhor opção seria comprar uma BMW GS 1150 importada, moto relativamente barata, não quebra, projetada para rodar 500 mil kilômetros… agora, é rodar com ela no off-road e usufruir da BMW Motorrad GS Attitude!

    Bora lá. FOX

  3. Pesquisei muito sobre qual moto de que marca comprar, não deu outra, acabei ficando com a Ténéré da Yamaha, porquê? Simples, pra mim que moro em Rondônia, Norte do Brasil, só temos assistência mais generalizada da Honda e da Yamaha, entre uma e outra fiquei com a Yamaha, motor não quebra, não dá problema, manutenção simples e barata, peça de reposição quando precisa chega rápido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *