Arquivo da tag: Acidente

Acidente de moto

Da Ásia, Moto BMW 1200 GS

Da Ásia, Cingapura, moto BMW 1200 GS.

Mapa Chile Peru Bolivia Argentina Paraguai BrasilDa Ásia, pilotada pelo casal Charlie Tseng e Cecilia a moto BMW 1200 GS laranja. Ele, com 59 anos é o piloto, mecânico, borracheiro, faz tudo sozinho e deu o nome de SG Adventourer à sua moto BMW 1200 GS de Cingapura. Entraram pela cidade de Valparaíso no Chile, país integrante do Mercosul. Assim, passaram pela província chilena de Antofagasta, subindo até Arica, entrando na fronteira com Peru, subiram mais ainda, entrando na Bolívia, quando resolveram ir ao Salar de Uyuni boliviano. Pra encurtar o caminho, atravessou a estrada de areia entre Oruro e Uyuni, a Ruta 30. Nessa primeira semana de agosto, ele escolheu colocar as malas de alumínio da moto BMW 1200 GS num carro que passava e deu carona pra Cecília Tseng, assim ele poderia andar com mais agilidade nas areias bolivianas até Uyuni. Já era de tarde, mas o carro que deu a carona a ela, se adiantou e Charlie ficou pra tás.

Acidente na Bolívia com sua moto BMW 1200 GS: sem pneus off road atolou nas areias bolivianas e Charlie teve uma lesão nos dedos.  Com o tombo e sem forças pra levantar a moto pesada e com a lesão na mão, veio a dor, a demora em se recompor da dor, o frio chegando, e ele sabia que a temperatura cairia pra 6 graus negativos à noite. Sua barraca estava na bagagem das malas de alumínio que foram no carro da Cecília. Um carro veio em sentido contrário e ajudou a levantar a moto. Ele só não poderia deixar a moto cair de novo antes de escurecer por mais 120 Km. Foi para a delegacia e um carro da polícia levou Charlie Tseng para o hospital. Até ele que viu Cecilia gritando por ele no hospital e o médico queria mandá-lo pra Potosi tirar Raio-X a 200 Km.
Mapa Bolivia Uyuni Ruta30 PotosiO casal pediu pra descansar no hotel até melhorar. (Sabem como são os orientais e suas meditações, né?) Descansaram, passearam alguns dias sem a moto e Charlie se recuperou pra vir ao Brasil por Tarija na Bolívia, entrando no norte da Argentina e Puerto Iguazu e Foz do Iguaçu no Paraná.
Mapa MS Bonito Campo Grande Chapadao do Sul
Ainda no mês de agosto passou por Mato Grosso do Sul. Vindo de Foz do Iguaçu e Cascavel, passaram por Dourados, onde Rafael Neto do Moto Clube Tribos do Asfalto e Carlos Schwiners, membro da AMEBR de MS, Apoio ao Motociclista Estradeiro em Dourados receberam o casal de Cingapura e avisaram às outras irmandades em Campo Grande. Seguiram para cidade de Bonito-MS onde Floribal  da ISF-MS já  esperava por eles para auxiliar nas rodovias de Mato Grosso do Sul. Chegaram em Campo Grande, capital de MS num sábado, hospedaram com a família de Floribal e fomos pra Feira Central onde se reúnem os descendentes de orientais e servem comidas como Sobá, Yakisobah, Yakimeshi, Rolinho Primavera e comidas típicas japonesas. Em Mato Grosso do Sul, ou melhor, no Brasil, a receptividade e o carinho em Mato Grosso do Sul a eles foi um sucesso! Podemos ver pelas fotos no álbum ao final dessa postagem. Depois de Campo Grande, o casal de Cingapura seguiu na sua moto BMW 1200 GS pra o norte de Mato Grosso do Sul, divisa com Goiás, até Chapadão do Sul, onde se encontrou com o Moto Clube Chapadão. Foram acolhidos muito bem. Dali a 65 km foram a Costa Rica em Mato Grosso do Sul visitar o Parque Nacional do Sucuriú e suas cachoeiras. Foram recebidos em Costa Rica por um guia, Fabiano e Josana, indicados pelo prefeito local e solicitados pela AMEBR-MS. Charlie Tseng e Cecilia agradeceram essa organização e receptividade em seu sua rede social. Foram a Cassilândia ainda em MS e voltaram ao Moto Clube de Chapadão do Sul pra uma super despedida pra Goiânia, capital de Goiás.  Mais uma vez o Moto Clube de Chapadão que se reúne às quintas-feiras, reabriu a sede no domingo e se fez presente na despedida coletiva quando o casal saiu de Mato Grosso do Sul. Também agradeceram ao Orquidário Antonelli de Chapadão do Sul. E publicaram ainda na sua rede social um agradecimento especial a todos que recepcionaram em MS, também à AMEBR-MS, Brazil Riders MS e ISF MS.

Compartilhe este álbum de fotos AQUI!

BIGA | Triciclo para Cadeirantes PNE

No dia do motociclista, 27 de julho de 2011, tive um acidente de moto e quebrei o cotovelo. Fui submetido a cirurgia, meu cotovelo ganhou 2 pinos de platina e um arame de amarração interna. Fotos antes e depois da cirurgia. Agora, com o braço imobilizado e suspenso numa tipoia pendurada no pescoço, não tenho habilidade pra manobrar uma moto até o final do ano. Pensei em testar um triciclo e descobri que em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, o  professor de mecânica industrial do SENAI, Oraci Silva da Costa inventou e patenteou o BIGA em 2007. Um triciclo para cadeirantes. E já está lançando o nomvo modelo 2012. As primeiras fotos do novo modelo 2012 sairão aqui no Blog dos MotoTuristas ainda em 2011.

O primeiro triciclo para cadeirante, como surgiu?
“Eu e meu sócio Oraci, gostamos de moto, meu sócio fez o desenho, fizemos um protótipo e o tricilo foi melhorando, até chegar ao que é hoje”, conta o advogado Paulo Tadeu de Barros Mainardi Nagata, sobre o professor de mecânica industrial do Senai, em Mato Grosso do Sul, por 35 anos Oraci Silva da Costa.
Depois, homologaram no DENATRAN – Departamento Nacional de Trânsito, registrando como triciclo Biga. Utilizaram o sistema de freio, sinalização, iluminação, suspensão exigidos por lei. Montaram a fábrica, e usam como forncedor de peças a Honda Biz e Honda Titan. A ignição ou partida é elétrica e o motor, a gasolina. O projeto do triciclo para PNE tem tecnologia de Mecânica Automotiva, Mecânica Motocicleta, Mecânica Geral, Tornearia, Soldas e Conhecimentos de Física em Resistência de Materiais. Aliás, para evitar o recurso do empurraozinho, o sistema de marchas tem até marcha a ré.

Usando o triciclo BIGA:
O cadeirante sentado na cadeira de rodas, sobe a rampa traseira do triciclo, aciona os dois parafusos de segurança que prendem a cadeira ao BIGA, colocado o capacete, é só dar a partida elétrica com a chave e o botão, já o assento é sua própria cadeira de rodas e como demonstra o vídeo abaixo: 

Quer saber mais? Comente abaixo e Oraci responderá pessoalmente.

Acidentes: Álcool? Drogas?

A maioria dos acidentes de moto ou carro, que matam ou sequelam são causados por motoristas que dirigem alcoolizados, sob o efeito de drogas ou com sono. O texto e o vídeo abaixo foram recebidos por e-mail. O autor é a TAC Victoria – Transport Accident Commission – Victoria of Australia.  Faça de tudo para que o maior número possível de pessoas o veja. Republique esse link, espalhe pelo Twitter, Google Buzz, FaceBook, reproduza em seu blog, encaminhe a quem possa compartilhar novamente no Brasil.  Emocionalmente, essas imagens são muito fortes, mas é melhor assisti-las do que vivê-las… Agora!

Nota do autor do vídeo australiano:

Depois de assistir ao vídeo, você vai entender o porquê que 40% dos ingleses deixou de usar drogas e se alcoolizar, pelo menos nas datas comemorativas. O vídeo foi visto por mais de 4 milhões de pessoas até a data de publicação neste blog, só no YouTube, fora em outras mídias. O autor é a  australiana TAC – Transport Accident Commission e a divulgação foi feita por uma das maiores empresas de marketing da Inglaterra. Como não temos este tipo de iniciativa aqui no Brasil, mesmo que você não se alcoolize ou use drogas, assista e passe para os seus contatos este blog.

 

Vídeo: TAC Campaign | 20 year Anniversary "Everybody Hurts" music by REM TV