Arquivo da tag: Cordilheira

Cordilheira dos Andes, Cordilheira branca, várias Cordilheiras se formam ao longo do oeste da América do Sul

Viagem da Argentina ao Chile em 2 motos BMW

Rally Dakar 2013 Peru Argentina Chile

5 dicas de viagem de moto no fim de ano: da casa de Che Guevara na viagem da Argentina ao Chile no Rally Dakar!

Todos os anos, natal, ano novo e aniversário na estrada, de moto nos países do Cone Sul: Argentina, Brasil, Chile, Uruguai, Paraguai.

  1. Natal: fuja de festas de rotina, viaje de moto pelo Cone Sul ou só da Argentina ao Chile!
  2. Ano Novo: viaje pela Cordilheira dos Andes sem previsão de stop on the road! Aventure-se! Leve sua moto pra conhecer a os Andes Argentinos ou deixe a moto te levar!
  3. Argentina: Saia do Brasil, atravesse a Argentina até a fronteira com Chile, suba a Cordilheira dos Andes, deça até o deserto do Atacama chileno! Aprenda a falar espanhol on the road!
  4. Rally Dakar Argentina e Chile: Não precisa entrar no Chile pra curtir o Rally Dakar 2013. No dia 11 de janeiro de 2013, os pilotos saem da fronteira chilena para Argentina pela Cordilheira dos Andes! Entrar no Chile na época do Rally Dakar, exige paciência na aduana, seguro chileno Carta Verde, hotéis no Deserto do Atacama são mais caros na alta temporada, câmbio de moedas argentinas e chilenas, pense bem se seu cartão de crédito aguenta tanta adrenalina!
  5. Aniversário do MotoTurista: não bebe cerveja, não gosta de presentes pra carregar na bagagem, então, não se preocupe com grana pra festa, vamos curtir o niver em alguma “Ruta Argentina” assistindo a largada de Lima, do Rally Dakar Peru dia 5 de janeiro via telão gigante com vários moto turistas na Argentina!

Antes da Moto Viagem:

2 Moto Turistas Brazil Riders, MotoTurista e Glauco planejam sair de Mato Grosso do Sul até o deserto do Atacama na fronteira chilena pra curtir o Rally Dakar 2013 em 2 BMW G 650 GS modelo 2012. Como faz todos os anos, MotoTurista evita passar natal e ano novo no Brasil. Os dois moto turistas têm experiência com moto big trail on the road. Resumo dos últimos meses em moto big trail:

  • MotoTurista tinha uma Yamaha XT 6660R 2006 depois de arrebentar a corrente 3 vezes em uma semana, voltando do Moto Capital Brasília 2012, passando por Minas Gerais e São Paulo.,Trocou a XT660R por uma BMW G 650 GS modelo 2012 na concessionária Raviera Motors.
  • Glauco tinha uma BMW G 650 GS 2010, aquela de 1 farol só com rodas raiadas. Acidentou no trânsito de Campo Grande, MS e a seguradora deu perda total dando outra BMW 650 GS em 2011, modelo 2012, já com farol duplo e rodas de liga leve.
  • 2 BMW G 650 GS brancas com diferença so na kilometragem e cor do banco, o que diferencia o  ano de fabricação: 2011 e 2012 e 10.000 Km rodados a mais na moto do Glauco comprada em 2011. As 2 motos têm rodas de liga leve sem câmara de ar, a mesma autonomia de combustível, enfim, as mesmas condições pra viajar pelo Argentina até o Rally Dakar.

Rota em dezembro/2012: Brasil à Argentina

12 dias de Dezembro 2012: 2.700 Km

A rota está focada em rodar de moto somente no norte argentino começando pela casa de Che Guevara, onde ele teve sua infância. Só ao final de dezembro subimos a cordilheira argentina. Em janeiro de 2013 finalizamos pela Ruta 52 até Paso de Jama antes da fronteira chilena que continua no Deserto de Atacama. Não vamos visitar o Chile. Que vida dura! (risos chilenos) Voltando pela Ruta 52, encontraremos o Rally Dakar que entra na Argentina. As paradas de até 3 dias darão muita informação do Mototurismo argentino aos motociclistas do Cone Sul. Lembrando que o fim de ano em Salta, não vamos ao Tren de las Nubes pois janeiro e fevereiro, época de chuvas o trem mais alto do mundo não anda nas nuvens com raios e trovoadas (risos argentinos). Clique nas Rutas de Mapas abaixo pra nos acompanhar!

Saimos de Campo Grande, capital de MS na 5ª feira, 20 de dezembro de 2012 num percurso de 640 km até a cidade de Cascavel, Estado do Paraná.  Depois de rodar pelas estradas BR 163 e 467
PR 163, a BMW g 650GS do Glauco, fez revisão de 20.000 km na concessionária BMW – Star News na  Av. Brasil,  4986. No dia seguinte, 6ª feira, dia 21 de dezembro de 2012, rodamos 200 km até a fronteira com Argentina, em Dionísio Cerqueira, Estado de Santa Catarina. Conhecemos o Gargamel e sua loja a poucos metros da aduana Do outro lado da fronteira está a cidade de Bernardo de Irigoyen, Argentina. Sábado saímos de Dionísio Cerqueira passando por Bernardo de Irigoyen, Argentina. Viajamos pelas estradas da Ruta 14, Ruta 17 e Ruta 12. Final da tarde chegamos em Casa à casa onde Che Guevara morou durante sua infância em Caraguatay, Misiones, Depto. Montecarlo,  Argentina. Ates de chegar à casa que hoje é um museu, encontramos 5 km de terra solta além dos 160 km da fronteira brasileira. Chegamos em Posadas, pela Ruta 12, ainda na Província de Misiones depois de 180 km de retas de asfalto muito bom.  no 4º dia, 23 de dezembro de 2012, um domingo viajamos 930 Km de Posadas até o Resistência, o Chaco argentino pela Ruta 12. 340 km de sol, seca e pousos postos da YPF. Chegamos em Quimili ao fim da tarde. Pelo menos já estávamos em Santiago del Estero. Fomos pelas Rutas 11, 89 390.  No dia seguinte, em Quimili tivemos um pneu furado dentro da cidade e esperamos chegar a gasolina no posto da YPF. Viajamos 200 km pelas Rutas 89, 34 até a capital de Santiago del Estero, Rodovias sem acostamento.  No 5º dia, era natal, 24 de dezembro de 2012, depois de 70 Km pela Ruta 9, chegamos em Termas de Río Hondo, onde se localiza o autódromo internacional e o museu de carros antigos. Descansamos 3 noites até que no 7º dia, 26 de dezembro de 2012, uma 4ª feira, viajamos 400 km até San Miguel de Tucumán, pelas Rutas 9 e Ruta 90. Tínhamos o endereço da concessionária BMW de Tucumán por precaução: BMW – Berlin Autos, Yerba Buena, Av. Aconquija, 1475. Nem fomos lá. Ficamos até o ano novo em Tucumán. Saímos de San Miguel de Tucumán, pelas Rutas 9, 348 e Ruta 30. Fomos para Salta, la linda da Argentina pelas Rutas 348 e Ruta 9 por 280 km. Hospedamos no Hostal Yatasto do amigo Hector. As motos dormiram no quarto, ao lado das camas. Dia seguinte, viajamos para San Salvador de Jujuy pela Ruta 9. Foram 110 km de asfalto por uma estrada estreita com muitas curvas, vacas, um show de natureza. A lâmpada da lanterna traseira da moto não acendia, então quem vinha atrás não sabia se eu estava freando nessas curvas. Comecei a perder as contas, mas acredito que viajamos em 12 dias de Dezembro de 2012 uma distância de 2.700 Km. Era o fim do ano, 31 de dezembro de 2012! conhecemos Miguel Liendo no Barrio Los Perales.  Passamos o ano novo com ele e mais 2 amigos que conhecia do Clube Big Trails: o Zeca numa BMW F800GS e o Luiz, dentista numa Suzuki DR800. Ambos de São Paulo.

Cordilheira dos Andes até o Chile

Viajando de moto por 190 km, já no 14º dia, 2 de janeiro de 2013, 4ª feira saímos de San Salvador de Jujuy pela cordilheira conhecendo Purmamarca. Pela Ruta 9 até chegar nesse ponto da cordilheira foram 60 km (não tenho certeza) de curvas. Continuando pela Ruta 52 conhecemos o Salar Salinas Grandes antes de Susques65 km depois de Purmamarca. Colamos os tradidionais adesivos na única bomba de gasolina no Bar Café Pasos Chicos em
Susques, Província de Jujuy. Hospedamos quase em frente. Continuando a ida ao Chile, 17º dia, 5 de janeiro de 2013, um sábado, eu completava 52 anos na Ruta 52. Até aqui viajamos 270 Km desde … Faltavam 155 km até a fronteira em Paso de Jama, fronteira chilena. A ideia era ir até Paso de Jama e voltar. Resolvemos entrar no Chile. Éramos 3 motos BMW 650 GS!  Passamos a aduana chilena ao final da tarde. Ficamos em San Pedro de Atacama em 2 motos.O outro brasileiro, voltou para o Rio de Janeiro, de onde partiu.

Rota em janeiro/2013: Paso de Jama ao Brasil

16 dias de Janeiro 2013

Dia 11 seria o dia do encontro com Rally Dakar uns 60 km depois da fronteira argentina, para quem sai de San Pedro de Atacama. Conhecemos Jean Azevedo da equipe HRC, Honda Racing Team. Então, aproveitamos bem o tempo com passeios perto de San Pedro. Ainda voltamos a tempo na mesma pousada ou hostel na Ruta 52. No 23º dia, em 11 de janeiro de 2013, 6ª feira voltamos de Susques, perto do Salar Salinas Grandes para San Salvador de Jujuy quase 100 Km.  Dia seguinte, de volta a Salta, la linda Argentina pela Ruta 9, viajamos 100 km.  Saímos de Salta no 25º dia de viagem, dia 13 de janeiro de 2013, um domingo com 820 Km de sol.  Continuando a viagem, o 26º dia, dia 14 de janeiro de 2013, uma 2ª feira, viajamos 640 km de Resistência, Chaco argentino até Puerto Iguazu. No caminho pagamos uma “multa municipal” na Ruta 12.  Último dia de viagem, 27º dia, dia 15 de janeiro de 2013, chegamos numa 3ª feira em Mato Grosso do Sul. Viajamos 770 Km passando por Medianeira, Estado do Paraná na BR 277. Até ali, 75 km. De Medianeira, PR até Marechal Rondon, PR pela PR 495 viajamos mais 125 km. Terminamos a viagem de Marechal Rondon a Campo Grande, MS, pela BR 163 que ainda não era pedagiada com 570 km.

Rota finalizada em 15 de janeiro de2013 no Brasil

Próxima Etapa:Classificar fotos e vídeos de 6.000 Km

Começando a classificar fotos e vídeos na última semana de janeiro de 2013 para compartilhar no Blog dos MotoTuristas.
Parabéns pela sua paciência até aqui, (risos brasileiros)! Comente abaixo e dê sugestões pra nossa viagem!

Argentina, Chile e Paraguai

Argentina, voltando por Paraguai

Roteiro de motoviagem do oeste do Brasil ao norte da Argentina, passando no Paraguai
Partindo de Mato Grosso do Sul, saindo pelo Paraná até a fronteira com Argentina , nosso destino final era Santiago, no Chile, atravessando a Cordilheira dos Andes ao noroeste da Argentina e  na volta, acompanhando o Rally Dakar nos dias 2, 3, 4 e 5 de janeiro de 2011 na Argentina em Córdoba, San Miguel de Tucumán e San Salvador de Jujuy.
Mas, porém, todavia, resolvi voltar um dia antes do natal quando já estava na Província de Córdoba na cidade turística de Mina Clavero. Os três motivos foram:

  1. Barulho da corrente no pinhão a cada rotação da transmissão. Será que na Cordilheira dos Andes no Chile, pilotando entre a 1ª e 2ª marcha, a corrente esticada aguentaria?
  2. Smartphone MotoDext Android da Motorola foi devolvido à cintura depois que fotografei uns escaladores montanhistas, antes de Mina Clavero, na província de Córdoba, a 2.200 metros de altitude. Em 30 Km de curvas sem acostamento perdi o celular da Claro. De noite caiu uma tempestade e lá se foi a esperança de reencontrar minha companhia eletrônica;
  3. Saudade da minha cama, meu quarto, meu canto, meu Brasil, meu idioma português,  minha namorada, meus filhos, amigos… Semana de natal, famílias reunidas em festa, faltava uma semana para o aniversário da minha filha Eneida. Sem celular pra enviar mensagem de aniversário ou de socorro…

Fonte: Rally Dakar 2011 Percurso Oficial (até dia 5 de janeiro, meu niver):
01/01 – Buenos Aires a Victoria – Argentina
Não Fui -> 02/01 – Victoria a Córdoba – Argentina
Não Fui -> 03/01 – Córdoba a San Miguel de Tucumán – Argentina
Não Fui -> 04/01 – San Miguel de Tucumán a San Salvador de Jujuy – Argentina
Não Fui -> 05/01 – San Salvador de Jujuy a Calama – Chile
06/01 – Calama a Iquique – Chile
07/01 – Iquique a Arica – Chile
08/01- Dia de descanso Rally Dakar
09/01 – Arica a Antofagasta – Chile
10/01 – Antofagasta a Copiapó – Chile
11/01 – Copiapó a Copiapó – Chile
12/01 – Copiapo a Fiambalá – Argentina
13/01 – Fiambalá a San Juan – Argentina
14/01 – San Juan a Córdoba – Argentina
15/01 – Córdoba a Buenos Aires – Argentina – Chegada do Rally Dakar 2011
Fonte Oficial: Rally Dakar 2011

Dia 5 de janeiro, meu aniverário 50 anos no planeta Terra. Pensei em curtir o niver no Rally Dakar pra acender a vela do cinquentenário, mas resolvi voltar antes ecomemorei o niver em Campo Grande, MS. Como seria aniversariar 50 anos na rota do Roteiro Rally Dakar, sem nunca ter estado nessa estrada? Essa é uma experiência que jamais imaginei, não tenho previsão como seria e nunca fiz aniversário fora do Brasil, sem celular, longe dos filhos, familiares e amigos.

Distância total ida e volta na Yamaha TDM 850 ano 2000: 5.000 Km. Abaixo, tabelas para cada país, roteiro, distâncias e cronograma oficial do Rally Dakar 2011. A ida da província de Santa Fé até a província de Córdoba fiz com o casal amigo Nari Bocchi e Claudete Bocchi na BMW GS1200. A volta, fiz sozinho encurtando caminho pelo Paraguai.

Google Maps

 

Saída do Brasil, data provável: 6ª feira, 17/12/2010 rodando 220 km pela BR 163 até Dourados, MS. Já no sábado, 18/12/2010, de Dourados, MS até Puerto Iguazu já no norte da Argentina. Meta pilotando pelas estradas: BR 163, BR 272, PR 495, BR 277. Distância total na ida até Argentina: 730 Km de moto.

Argentina ao Chile: entrando por Puerto Iguazu até a fronteira chilena tem uma distância prevista de 2.360 Km somente de ida. Saindo domingo, dia 19/12/2010 de Puerto Iguazu, Argentina até a cidade de Posadas pela Ruta 12 pilotando 310 km. No mesmo dia, de Posadas, Misiones até Corrientes são 320 km continuando pela Ruta 12.  No dia seguinte, ou 2ª feira, 20/12/2010, saindo de Corrientes até a cidade de Santa Fé, capital da Província de Santa Fé pela Ruta 16 até Resistência entrando na Ruta 11 são 560 km.

Já na 3ª feira, 21/12/2010 sairia de Santa Fé até a cidade de Córdoba são 350 km pela Ruta 19. Descansando dias 21 a 24/12/2010 no Hotel Holliday Inn. 6ª feira, 24//12/2010, dia de retomar a estrada pelas Ruta 20 e Ruta 142 por 610 km até Mendoza, Argentina.

A previsão era passar o natal de24 a 28/12/2010 em Mendoza no Hotel Ibis. Seguido a viagem de moto, 3ª feira 28/12/2010 pilotando mais 210 Km pela Ruta 7 até a Fronteira Argentina-Chile. Assim, completaria 2.360 Km só de ida pela Argentina.

Chile: ida e volta da Argentina pelas Rutas 7 e 57 dia 1º de janeiro de 2011

Continuando a 3ª feira, 28/12/2010 pilotando mais 150 km pela Ruta 57 desde a Fronteira Chile-Argentina até Santiago, capital chilena.  Ficaria 3 noites em Santiago e 6ª feira, 01/01/2011 retornaria os mesmos 150 km de volta. DistÂncia total rodada no Chile: 350 km de estradas.

Argentina ao Brasil: passando pelo Rally Dakar dias 2, 3 e 4 de janeiro de 2011

Sábado, 01/01/2011 de moto pela Ruta 7 de Fronteira Chile-Argentina até Mendoza, Argentina.  No domingo, saindo de Mendoza, dia 02/01/2011, mais 410 Km até o Rally Dakar pelas estradas argentinas: Rutas 40, 142, 20 até Córdoba, Argentina. Já na 2ª feira, 03/01/2011, 560 Km passando pelo Rally Dakar nas estradas: Rutas 9, 60, 157 até San Miguel de Tucumán, Argentina. Teria também outro encontro com alguma turma do Rally Dakar. Dia seguinte, 3ª feira, 04/01/2011 pilotaria 330 Km pela Ruta 9 até San Miguel de Jujuy, Argentina. Na 4ª feira, 05/01/2011, comemoraria meusde 50 anos em San Miguel de Jujuy, Argentina.  Já com 50 anos, continuaria pilotando na 5ª feira, 06/01/2011 mais 860 Km pelas Rutas 66, 34, 16 até Corrientes, Argentina.  Continuando a viagem de moto, 6ª feira, 07/01/2011 pela Ruta 12, mais 320 Km até Posadas, Misiones, Argentina. Então, sábado, 08/01/2011 mais 310 Km pela Ruta 12 até Puerto Iguazu, Argentina. Distância até essa cidade argentina: em torno de 3.070 Km.

Brasil: de volta pra casa entrando por Foz do Iguaçu – PR

Num dia só, sábado, 08/01/2011 faria a viagem de moto em 700 km cortando caminho pelas estradas: PR 495, BR 272, BR 163 de Foz do Iguaçu, PR até a capital de Mato Grosso do Sul.