Arquivo da categoria: Paraguai

Viagens de moto pela Paraguai, América do Sul.

Paraguai, Emboscada de Cordillera

Quarta-Feira, 29 de dezembro de 2011, saindo de manhã de Asunción, capital do Paraguay pela Ruta 3, avisto um posto de pedágio de Emboscada. Moto não paga pedágio no Paraguai, pelo menos até janeiro de 2011, como mostra a imagem abaixo com valores em Guarani. Nesta data, 1 Real valia 2.700 Guaranis. O posto de pedágio de Emboscada é o nº 13 na tabela abaixo. Emboscada também concentra a maior penitenciária paraguaia. Mera coincidência?

Paraguai Peaje Pedagio Tarifas

Passado o pedágio, 30 Km depois de Asunción, em Emboscada, Departamento de Cordillera, uma bifurcação na Ruta 3 que tem lombadas e placas indicando velocidade máxima de 40 Km/h. Como sempre, ao passar por cidades na rodovia, observo a velocidade máxima pra evitar problemas com radares. Não é de bom senso passar acima de 40 Km/h com bagagem no banco da garupa, baú no bagageiro, 220Kg da moto e meu peso, totalizando 350Kg.

Ao final da bifurcação, surge o primeiro policial fardado, pedindo uma parada obrigatória. Desliguei, tirei capacete, saí da moto pra tirar documentos. Mostrei apenas habilitação brasileira e Carta Verde, que é o seguro obrigatório no MERCOSUL. Nele constam dados do veículo, além do tempo autorizado para o veículo no permanecer nos países do MERCOSUL.

Surpresa! O policial fardado não se interessou pelos documentos, disse algumas coisas decoradas bem baixinho como "excesso de velocidade". (isso, numa bifurcação com placas de 40 Km/h e lombadas) Parecia que ele já estava cansado de repetir as mesmas frases várias vezes a todos que passavam por ali. Isso era de manhã, imagino como ele repetiria toda aquela argumentação igualzinha ao último condutor ao final do dia. Pediu para eu pegar os documentos no trailler branco ao lado da rodovia com o "Jefe de la Policia Municipal de Transito de Emboscada". No mapa abaixo, a 3ª seta vermelha indica o local da abordagem da Polícia Municipal de Trânsito de Emboscada.

 

Bati na porta do trailler, o "Jefe" de camiseta preta ordenou entrar. Dentro do trailler, as janelas eram lacradas com saco plástico preto nas janelas, tinha uma impressora com formulário de multa pronto pra ser preenchido pelo computador. A atendente era Sra. Blanca Zara, li na camisa preta da Policia Municipal de Transito ou P.M.T. de Emboscada. Já, o "Jefe", falava rápido e mostrava uma tabela na mesa com valores de 1 milhão e 20 mil Guaranis. Eu disse que não tinha aquele dinheiro todo e não estava a mais de 40 Km/h. Sem perder tempo, mostrou outra alternativa de pagamento por 500 mil Guaranis e faria o formulário para ser pago na Prefeitura Municipal de Emboscada. Aceitei, assim eu poderia esclarecer a situação na prefeitura e procurar meus direitos. Eu não tinha celular internacional naquele momento e não havia telefone público por ali.

Outra Surpresa! Ele perguntou quanto eu tinha no bolso, disse pra pagar ali mesmo. Eu disse que precisava de um pouco de dinheiro devido à dificuldade em encontrar postos de gasolina que aceitassem cartão de crédito. concedeu o favor, mostrou o câmbio do dia no jornal e pediu uma nota de 50 Reais. Paguei a multa com 250 mil Guaranis e a nota de 50 Reais. Depois deu um documento impresso no computador, sem nome dos funcionários, um carimbo enorme "PAGADO" e sem autenticação mecânica, apesar de ter computador, impressora e um ventilador ultra mega power eficiente, pois as janelas eram lacradas.

Detalhe: a Carta Verde da moto foi emitida antes de entrar na Argentina e Paraguai com a numeração da placa errada, vejam a Carta Verde abaixo, mas… isso é um detalhe que não interessa ao "Jefe", certo?Paraguai Emboscada Ruta 3 Carta Verde www.MotoTuristas.Blog.br

Paraguai Emboscada Ruta 3 Multa  www.MotoTuristas.Blog.br

Você foi extorquido no Paraguai? Comente, entre em CONTATO
MidiaMax 1: Multa do "olhômetro" no Paraguai
MidiaMax 2: Professor paga propina em Ciudad del Este
Sopa Brasiguaia 1: Secretária de Turismo de Paraguai denuncia Polícia Municipal de Emboscada
Sopa Brasiguaia 2: Motociclista brasileiro extorquido em Ciudad del Este
Secretaria Nacional de Turismo del Paraguay: Denúncias
Tá escrito OTÁRIO na minha testa, ARGENTINOS?